Curso Presencial sobre Alterações do Simples Nacional: Mudanças advindas da LC 155/2016

Sabemos que em nosso país enfrentamos mudanças legislativas de qualquer natureza a qualquer momento.

2018 será um ano de mudanças para a maioria das empresas brasileiras, ou seja, os micro e pequenos negócios estarão sujeitos mudanças importantes em seu regime de tributação.

E como a Óra tem como missão facilitar o cotidiano dos empresários, apresentamos de forma rápida e resumida as principais e mais impactantes mudanças, com a finalidade de nos prepararmos em tempo hábil para o exercício contábil de 2018.

Nesses poucos mais de 5 meses antes da aplicação da nova legislação, a Óra irá desenvolver treinamentos e consultorias a fim de auxiliar no preparo dos empreendedores, proporcionando um planejamento tributário, financeiro e empresarial para as micro e pequenas empresas.

Objetivo do Curso:

Facilitar para as empresas se prepararem sobre as alterações da LC 155 de 2016, para que hajam menos conflitos na adequação de suas rotinas.

Informações:

Carga Horária: 06hrs

Local: Athenas Tecnologia – Av. Jerônimo Monteiro, 1000 Ed. Trade Center – Sala 1520, Centro – Vitória – ES | CEP 29010-004

Data: 16/10/2017

Horário: 14h00min às 18h00min

Valor: R$ 150,00

Instrutor: Josiane Maria Haese e Igor Regini

Público alvo:

  • CONTADORES
  • ESTUDANTES
  • PROFISSIONAIS DA ÁREA TRABALHISTA
  • EMPRESÁRIOS

Faça sua inscrição no formulário ao final desta página ou envie um e-mail para: contato@oracontabilidade.com.br

Se preferir, utilize nosso telefone: (27) 3020-0242

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO:

  1. Aspectos Introdutórios e conceituais;
  2. Definição de ME e EPP;
  3. Lei Complementar 123/2006 – revisão básica;
  4. Vedações ao integrar no Simples Nacional;
  5. Exercícios de atividades Intelectuais;
  6. Lei Complementar 147/2014;
  7. Lei Complementar 155/2016 –  O novo Simples Nacional;
  8. Intimação Eletrônica – Domicílio Tributário Eletrônico (DTE);
  9. Enquadramento – Início de Atividade;
  10. Limites Proporcionais – Início de Atividade;
  11. Exceder o Limite de Faturamento – cálculo do excedente;
  12. Exclusão do Regime;
  13. Composição da Receita Bruta;
  14. Resolução CFC 1.418/2012;
  15. Critérios para distribuição dos lucros;
  16. Parcelamento dos débitos das empresas do Simples Nacional – REFIS;
  17. Baixa de empresa/pedido de compensação e restituição;
  18. Regras para restituição e compensação dos valores pagos indevidamente ou a maior no âmbito do Simples Nacional;
  19. Alíquota e Base de Cálculo;
  20. Anexos de enquadramento I, II, III, IV, V e a exclusão do anexo VI.
  21. Cálculo do Simples – Segregação da Receita;
  22. Penalidades Relacionadas ao PGDAS’D;
  23. Permanência Automática;
  24. Obrigações Acessórias;
  25. Créditos do ICMS;
  26. Alterações para 2018: Novo Teto, Alterações das Tabelas, Atividades Autorizadas a Ingressar no Simples Nacional, Atividades incluídas no anexo III, Fator “r” expectativa de pagar menos pode não acontecer, Atividades podem perder o “benefício” de aplicar alíquotas mais favoráveis, Investidor Anjo, Novas tabelas para o Simples Nacional e Alíquota Efetiva
  27. Exemplos Práticos

Equipe Óra.

 

INSCREVA-SE:

Compartilhe!Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *